eBook

LGPD: guia de elaboração de Relatório de Impacto à Proteção de Dados

Descubra as etapas, metodologia e agentes necessários para formalizar um Relatório de Impacto à Proteção de Dados (RIPD ou DPIA). Este documento é requisito para empresas que precisam se adequar à LGPD e tratam dados pessoais.

Neste material completo, você terá acesso a todas as informações para criar um RIPD corretamente, instrumento que auxiliará sua empresa em tomadas de decisão assertivas, evitando multas e demais custos indiretos com possíveis violações de dados. Está trabalhando na adequação da sua empresa? Leia já!

O eBook contém informações sobre:

checkO que é um Relatório de Impacto à Proteção de Dados
checkSituações em que a empresa precisa elaborar um RIPD
checkAs etapas necessárias para a criação de um relatório de impacto
checkComo detalhar o tratamento de dados pessoais no relatório
checkComo identificar e avaliar riscos
checkMedidas de mitigação de riscos
checkComo assinar e registrar os dados do RIPD
checkTemplates e outros materiais úteis para a criação do relatório

grafismo

Por que fazer um Relatório de Impacto à Proteção de Dados?

Jeff_02
aspas1

A Lei espera que você tenha domínio sobre os dados pessoais que sua organização trata, tendo Governança, controle e monitoramento sobre eles. Porém, ninguém controla o que não conhece ou dirige sem conhecer o caminho. É preciso ter indicadores e métricas para tomar uma decisão e corrigir o rumo, e o RIPD é um instrumento importante para isso.

Jefferson Fernando Souza, especialista em Segurança da Informação e Proteção de Dados da TIVIT. 

aspas2